terça-feira, 28 de maio de 2013

Camisetas velhas transformadas em ecobags ou sacobags

Veja que ótima ideia para reutilizar camisetas velhas.
Primeiro pegue as camisetas, não importa o tamanho, e recorte em curva na parte inferior de uma manga até a outra passando sob a gola.
Costure de dentro para fora, deixando apenas a “boca” aberta. Usando uma caneta, marque diversas linhas de aproximadamente 3 cm. Usando uma tesoura de tecido, corte as marcações.
Na parte superior, 5 cm da abertura, corte uma área maior que servirá de alça.








Fonte: IdéiasGreen.com e 
Blog Delia Creates


CARRO ABASTECIDO COM ENERGIA SOLAR É DIVULGADO NA ÍNDIA

A montadora Mahindra apresentou, nesta semana, um carro sem emissão de poluentes, o chamado e2o, em Nova Delhi, Índia. O veículo, que custa 596 mil rúpias (R$ 21,8 mil, de acordo com a cotação do Banco Central do Brasil do dia 18 de março de 2013), pode ser carregado com energia solar e não tem previsão para chegar ao Brasil.
O carro é visto como uma solução para a mobilidade urbana, sem precisar se preocupar com a poluição do meio ambiente. O e2o é automático e consegue rodar 100 km com uma carga de energia de cinco horas.
Tecnologia
Segundo a montadora, o motorista pode controlar o carro com o smartphone. Por exemplo, com um aplicativo é possível bloquear o carro, enviando um comando de bloqueio, ou então acionar o ar condicionado remotamente.

Além disso, 10 computadores de bordo fornecem um feedback real de todas as funções do carro, com direito a uma verificação diária dos sistemas vitais e envio de alertas caso tenha algo errado. O automóvel também conta com um display de 6 polegadas com GPS, rádio, DVD, Bluetooth e entrada para iPod, além de retrovisores elétricos, entrada sem chave e botão start/stop.

Fonte: Studoequinócio.com

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Presidente da Nestlé defende privatização da água


Na opinião de Peter Brabeck, a água deveria ser tratada como qualquer outro bem alimentício e ter um valor de mercado estabelecido pela lei de oferta e procura

                                                           Foto: Kaosenlare.net
Peter Brabeck-Letmathe, um empresário austríaco que é presidente do grupo Nestle desde 2005, afirma que é necessário privatizar o fornecimento da água. Isso para que nós, como sociedade, tomemos consciência de sua importância e acabássemos com o subpreço que se produz na atualidade.
Palavras sujas que provocaram estupor, sobretudo quando se tem em conta que a Nestlé é a líder mundial na venda de água engarrafada. Um setor que representa 8% de seu capital, que em 2011 totalizaram aproximadamente 68,5 bilhões de euros.
Peter Brabeker junta essa a outras críticas para destacar que o fato de muitas pessoas terem a percepção de que a água é gratuita faz com que em várias ocasiões não lhes deem valor e a desperdicem.  Assim sustenta que os governos devem garantir que cada pessoa disponha de 5 litros de água diária para beber e outros 25 litros para sua higiene pessoal, mas que o resto do consumo teria que gerido segundo critérios empresariais.
Video de Peter Brabeker afirmando sua posição sobre privatização da água:                                        
http://youtu.be/nTqvBhFVdvE